Cadeiras que fizeram história

Como escolher o material da cadeira para o seu escritório?
novembro 17, 2016
Dicas para decorar com elegância a sala de espera da sua empresa
novembro 21, 2016

A revolução industrial na Europa trouxe um novo fôlego para a fabricação de móveis. A produção em série e o uso de matéria-prima mais barata popularizou a cadeira como um dos móveis principais do dia a dia e mudou o comportamento da população.

A primeira cadeira produzida em massa foi a Thonet, seu criador Michael Thonet produziu uma série de cadeiras com design simples e funcional em 1859. As curvas na madeira são elegantes e discretas, o assento de palha trançada usa um material simples, porém dá um toque delicado em suas formas. Após o lançamento, a Thonet se tornou indispensável em bares, restaurantes e casas. Até hoje, esse modelo de cadeira é encontrada em muitos lugares do mundo com variações de cor e materiais.

A primeira cadeira famosa do século XX foi a Hill House de Charles R. Mackintosh, produzida em 1928, a cadeira possui encosto alto e suas linhas são simples e elegantes.

Já Marcel Breuer criou uma cadeira inspirada na sua bicicleta e deu origem aos móveis tubulares que encontramos até hoje. Inspirado pela escola Bauhaus, o arquiteto e designer de móveis criou a cadeira Wassily, com estrutura tubular e couro como estrutura do assento.

A partir dos anos 60, a criação de cadeiras com formatos, materiais e conceitos diferentes tornou-se muito comum. Um exemplo é a Ball Chair, criada por Eero Aarnio, que ficou famosa em 1963 e tornou-se um clássico do design industrial com seu formato esférico que cria uma espécie de espaço privado para quem quer relaxar.

Outras cadeiras famosas foram produzidas entre os anos 60 até hoje e a peça do mobiliário que era comum no início dos anos XX, tornou-se peça essencial na composição de ambientes de acordo com suas funcionalidades e conceitos.

Que tal conferir novos designs de cadeira? Converse com os nossos consultores e descubra qual cadeira merece um destaque especial na sua casa ou no seu escritório.

 

Referências:

http://www.atelierclassico.com.br

http://www.gazetadopovo.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *