Estudos apontam os riscos de permanecer sentado durante muitas horas

Qual a melhor disposição dos funcionários no escritório
fevereiro 3, 2017
Plantas para o seu apartamento
fevereiro 6, 2017

Um estudo realizado pelo Archives of International Medicine aponta que ficar sentado por mais de onze horas por dia pode dobrar o risco de morte nos próximos três anos e indicam que o sedentarismo é “um dos maiores desafios” nos cuidados com a saúde.

Pesquisas afirmam também que este comportamento a longo prazo ocasiona o aumento de problemas cardíacos, câncer, diabetes tipo 2 e problemas mentais.

Passar longos períodos sentado altera o metabolismo o torna mais lento, implicando no controle do nível de açúcar no organismo, a queima de gordura e a pressão sanguínea.

O grande desafio é encontrar medidas para ir contra essa estatística.

Segundo orientações médicas, é importante que um intervalo seja feito a cada 40 minutos de trabalho.
Algumas medidas que podem ser incorporadas: caminhar até a mesa do colega, ficar em pé ao usar o telefone, usar escadas convencionais em vez de escadas rolantes, desder do elevador alguns andares antes do seu para seguir a pé, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *